This campaign is now closed.



Irã: Liberdade para sindicalista e professor Esmail Abdi!

Em parceria com o sindicato global de educação Educação Internacional, que tem 396 associações e sindicatos afiliados em 171 países e territórios, e representa cerca de 32,5 milhões educadores e funcionários administrativos.

O dirigente do sindicato dos professores de Teerã, Esmail Abdi, foi condenado a seis anos de prisão por acusações falsas, incluindo uma por "reunindo e conspirando contra a segurança nacional". Essas acusações são injustas e contrariam várias convenções de direitos humanos, inclusive as que protegem a liberdade de expressão e de associação, bem como o direito dos sindicatos a serem consultados sobre as políticas educacionais. As autoridades estão tentando silenciar as queixas dos professores por meio da repressão e do encarceramento prolongado de sindicalistas e ativistas.




Sua mensagem será enviada para os seguintes endereços de e-mail:
iran@un.int, rights@ei-ie.org, secretariat@iranembassy.be, publicdiplomacy@irembassybr.com