This campaign is now closed.



Iêmen: DNO tem que pagar os seus trabalhadores!

Campanha em parceria com IndustriALL, o sindicato global que representa 50 milhões de trabalhadores em 140 países nos setores de energia, manufatureiro e de mineração, e o sindicato norueguesa Industri Energi que representa 60.000 trabalhadores em metalúrgica, química, madeira, petróleo e gás e indústrias aliadas.

A empresa de petróleo norueguesa DNO não pagou os salários de seus 175 trabalhadores no Iêmen nos últimos 18 meses.

A empresa parou suas operações quando a guerra começou no Iêmen no verão de 2015. Estes 175 trabalhadores foram demitidos por meio de um SMS ou e-mail, mostrando uma falta de respeito total para as pessoas que tinham servido lealmente a empresa há mais de dez anos, além de ser uma violação das leis trabalhistas locais. Assim, os trabalhadores enfrentavam um duplo problema: a guerra no país deles e nenhuma renda para suas famílias.

Mesmo antes, a empresa costumava pagar os salários mais baixos no Iêmen em comparação com outras companhias de petróleo que operam no país. Em 2013 e 2014, os trabalhadores organizaram uma série de greves em prol de aumentos salariais. Na época, a administração respondeu com uma carta onde ameaçou demitir todos os trabalhadores participando na greve. Outra violação clara dos direitos trabalhistas do Iêmen.

Dê o seu apoio aos 175 trabalhadores iemenitas e suas famílias assinando e enviando a carta ao presidente executivo da DNO, Bijan Mossavar-Rahmani.




Sua mensagem será enviada para os seguintes endereços de e-mail:
bijan.mossavar-rahmani@dno.no, Bjorn.Dale@dno.no, dno@dno.no