This campaign is now closed.



Justiça para as/os trabalhadoras/es de vestuário em Camboja

Em parceria com Trabalhadoras/es United (Workers United), Conselho Canadense, a Rede de Solidariedade da Maquila (Maquila Solidarity Network), e a Campanha de Roupa Limpa (Clean Clothes Campaign). O Workers United é um sindicato de luta de 150 mil trabalhadores nos Estados Unidos e Canadá, cujos membros trabalham nas indústrias de vestuário, têxtil, varejo, fabricação, distribuição, lavanderia, hospitalidade, serviço de alimentação, fitness e serviço social.

O fechamento súbito de uma fábrica de vestuário deixou 208 trabalhadoras e trabalhadores no Camboja sem empregos, salários ou a remuneração legalmente devida. Um ano depois, estes trabalhadoras e trabalhadores, principalmente mulheres, ainda estão lutando pela justiça. A fábrica - Cheng Fai Knitwear - estava fazendo roupas para a Marks & Spencer (Reino Unido), Nygård (Canadá) e Bonmarché (Reino Unido). Os trabalhadoras e trabalhadores enfrentaram uma longa luta.
Elas/Eles defenderam seus direitos, impedindo os proprietários de vender os equipamentos da fábrica, por meio da ocupação física da fábrica, bem como medidas legais. Eles protestaram na frente do escritório Mark & Spencer em Phnom Penh (a capital), o Ministério do Trabalho, e o tribunal. Eles escreveram cartas às empresas pedindo ajuda e reuniões. Nada disso ajudou. Agora, os trabalhadoras e trabalhadores, apoiados por sindicatos e outras organizações de direitos trabalhistas, exigem que as marcas assumam a responsabilidade e assegurem que obtenham o pagamento legalmente devido.




Sua mensagem será enviada para os seguintes endereços de e-mail:
corporate.press@marks-and-spencer.com, Nygard.Public.Relations@Nygard.com, bonmarche.sc@fticonsulting.com, info@workersunitedunion.ca