Filipinas: Trabalhadorxs da Holcim exigem justiça

Em parceria com Sentro ng mga Nagkakaisa at Progresibong Manggagawa

Durante anos, as/os trabalhadorxs terceirizadxs da fábrica de cimento Holcim em Davao exigiram emprego fixo, em conformidade com a lei filipina. No ano passado, exes apresentaram uma queixa ao Departamento de Trabalho e Emprego, porém, em março, 140 trabalhadorxs terceirizadxs foram demitidxs, enquanto as/os trabalhadorxs não sindicalizados receberam novos contratos de trabalho. Desde então, as/os trabalhadorxs têm mantidos piquetes na fábrica mas em Maio descobriram que o proprietário da fábrica - a multinacional de cimento LafargeHolcim - está colocando a fábrica a vender ao conglomerado filipino San Miguel, notoriamente anti-sindical. No Primeiro de Maio, a linha de piquete das/dos trabalhadorexs foi violentamente atacada por bandidos, e o sindicato está convencido de que a Holcim é a responsável pelo ataque. Estxs trabalhadorxs precisam de justiça, não de violência e repressão.


Você pode contribuir! Escreva seu nome e endereço de e-mail e clique em ‘Enviar Mensagem’ no final da página.

Nome:
[obrigatório]
Endereço de e-mail:
[obrigatório]
Seu sindicato/entidade:
Seu país
Digite aqui sua mensagem – ou use a mensagem já existente.


Stop spam!
Digite o número 4121 aqui:

Obrigado


Se deseja receber informações sobre as campanhas que apoiamos e ações urgentes, por favor clique aqui:

Yes:
No:







Sua mensagem será enviada para os seguintes endereços de e-mail:
feliciano.gonzalez@lafargeholcim.com, john.stull@lafargeholcim.com, justiceforholcimdavaoworkers@gmail.com