Ternos bonitos, tratamento feio: Patrocinador na Bundesliga demite sindicalistas

Campanha em parceria com IndustriALL, o sindicato global que representa 50 milhões de trabalhadores em 140 países nos setores de energia, manufatureiro e de mineração e é uma nova força na solidariedade global tomando a luta por melhores condições de trabalho e os direitos sindicais no mundo inteiro.

A empresa alemã de roupas Roy Robson demitiu onze sindicalistas na sua fábrica em Izmir, Turquia. A empresa é um dos principais patrocinadores das famosas equipas de futebol da Bundesliga alemã, incluindo o FC St. Pauli. A fábrica de Izmir emprega 600 pessoas e o sindicato Teksif tem tentado sindicalizar estes trabalhadoras e trabalhadores faz tempo.

No entanto, quando as/os trabalhadores /trabalhadores se sindicalizam a empresa os demite. Onze foram demitidos este ano. O gerente recusou uma reunião dizendo que em princípio, a empresa nunca se encontra com sindicatos.

Essa posição anti-sindical é irônica porque os fãs de St. Pauli têm orgulho em falar que apoiam políticas progressistas. St Pauli é famoso em toda a Europa pelo seu senso de responsabilidade social.

Veja o vídeo aqui [em turco].


Você pode contribuir! Escreva seu nome e endereço de e-mail e clique em ‘Enviar Mensagem’ no final da página.

Nome:
[obrigatório]
Endereço de e-mail:
[obrigatório]
Seu sindicato/entidade:
Seu país
Digite aqui sua mensagem – ou use a mensagem já existente.


Se deseja receber informações sobre as campanhas que apoiamos e ações urgentes, por favor clique aqui:
LabourStart takes your privacy very seriously. Read our privacy statement here.

Stop spam!
Digite o número 3732 aqui:

Obrigado





Sua mensagem será enviada para os seguintes endereços de e-mail:
royrobson@labourstart.org