Bielorrússia: Chega de violência! Defenda a democracia e os direitos humanos


Em parceria com o BITU, BCDTU, a Confederação Sindical Internacional , a Confederação Sindical Europeia, IndustriALL, e o UITA, o sindicato global de Trabalhadorxs do setor alimentício.

As eleições presidenciais na Bielorrússia foram realizadas dia 9 de agosto. Mais uma vez foram obviamente falsificadas a favor do governante de longa data Lukashenko. Isto causou uma onda grande de protestos populares.
As forças de segurança responderam com um terror sem precedentes: detenções em massa, espancamentos e tortura de manifestantes.
Uma onda de greves espontâneas varreu todo o país. Xs trabalhadorxs começaram a formar comités de greve para se prepararem para uma greve geral a nível nacional em apoio à mudança democrática. As exigências dos grevistas incluem: reconhecer os resultados das eleições presidenciais como inválidos, liberdade para todxs xs presxs políticxs e manifestantes, impedir a perseguição dxs participantes na greve e cancelar o sistema de contratos de trabalho temporários.
A administração e os serviços de segurança estão a exercer uma pressão tremenda sobre xs grevistas, xs membrxs da comissão de greve e as suas famílias. Muitos estão ameaçadxs de de ser despedidxs. Activistas estão a ser detidxs pelos serviços de segurança.


Você pode contribuir! Escreva seu nome e endereço de e-mail e clique em ‘Enviar Mensagem’ no final da página.

Nome:
[obrigatório]
Endereço de e-mail:
[obrigatório]
Seu sindicato/entidade:
Seu país
Digite aqui sua mensagem – ou use a mensagem já existente.


Stop spam!
Digite o número 4503 aqui:

Obrigado


Se deseja receber informações sobre as campanhas que apoiamos e ações urgentes, por favor clique aqui:

Yes:
No:







Sua mensagem será enviada para os seguintes endereços de e-mail:
info@belpc.by, mail@mfa.gov.by, bnpsoligorsk@gmail.com, cr@sovrep.gov.by